RESISTÊNCIA MECÂNICA DA BORRACHA EM CILINDROS TRACIONADORES

Tempo de leitura: 2 minutos

Em geral, os cilindros revestidos em borracha podem ser: tracionadores, condutores, de pressão, impregnadores, laminadores ou impressores. Hoje falaremos sobre a importância da resistência mecânica da borracha nos cilindros tracionadores, mais especificamente naqueles utilizados nas esteiras de transporte. Elas são geralmente empregadas na movimentação de minérios, grãos, cavacos de madeira, cimento entre outros. O setor da mineração é um segmento que faz grande uso deste tipo de equipamento.

Os cilindros tracionadores, além de responsáveis pelo movimento da esteira, trabalham na condução e apoio do material transportado. A camada de borracha aplicada nestes cilindros sofre com elevadas forças de cisalhamento (arrancamento). É por isso que um dos principais atributos da borracha de revestimento destas peças é a sua resistência mecânica. Ou seja, a capacidade de deformação que o composto elastomérico utilizado pode suportar depois de submetido a uma força, sem sofrer danos permanentes. 

A alta resistência mecânica da borracha do cilindro garante sua maior vida útil e, com isso, há menor necessidade de paradas de processo para reparos. Na mineração, por exemplo, os equipamentos de movimentação e retirada do local de extração são estratégicos. Visto que, em caso de problemas nos tracionadores das esteiras de transporte, todo o abastecimento de minério para a siderúrgica pode ser comprometido, podendo causar parada em todos os processos subsequentes até que o reparo dos cilindros seja realizado. Outro fator importante a ser considerado neste caso é a dificuldade de troca destes cilindros, que normalmente encontram-se em grandes alturas e envolvem desmontagem de uma estrutura mecânica pesada.

Assim, no momento de definir o composto ideal para o revestimento de peças sujeitas à força de tração ou cisalhamento, é fundamental o desenvolvimento de um composto que possua uma alta resistência mecânica. Na PCR, a alta resistência mecânica dos compostos elastoméricos são garantidos através dos ensaios de resistência à tração, alongamento e resistência ao rasgo, onde é possível determinar as características físico-química dos compostos.

Quer saber mais sobre os efeitos no processo de sua indústria? Consulte nossos especialistas: https://conteudo.pcr.ind.br/falecomumconsultor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *